Gruta da Lapinha – Parque Estadual do Sumidouro – Lagoa Santa

Localizada na cidade de Lagoa Santa em Minas Gerais, a Gruta da Lapinha é uma das principais atrações turísticas da cidade que fica a 35 quilômetros da  capital Belo Horizonte.

A Gruta da Lapinha é uma excelente opção de passeio na Região Metropolitana de Belo Horizonte, permitindo aos visitantes uma visita guiada pelas galerias e salões que compõem a gruta, apreciando as estalactites e estalagmites que dão belas formas à gruta formada por sólidos minerais que se formam no teto e no chão, resultantes de água e calcário.

A gruta pertence ao Parque Estadual do Sumidouro, onde os visitantes também podem visitar o Museu Peter Wilhelm Lund e o Museu Arqueológico de Lagoa Santa (Museu do Castelinho).

A Gruta da Lapinha

Descoberta em 1835 pelo cientista dinamarquês Peter Lund, a Gruta da Lapinha tem cerca de 700 metros de extensão, dos quais 511 metros é aberto ao público para visitação e o restante é de acesso exclusivo para pesquisadores.

Com 40 metros de profundidade, a Gruta da Lapinha possui 15 salões para visitação e é toda iluminada com luzes de LED com o objetivo de diminuir a temperatura interna, reduzindo o impacto na sua estrutura.

Localizada no Parque Estadual do Sumidouro, em um maciço bloco de pedra calcária, que de acordo com pesquisas dos cientistas, foi formado a cerca de 600 milhões de anos. A gruta pertence a Área de Proteção Ambiental – APA – Carste de Lagoa Santa.

A Gruta da Lapinha foi Eleita uma das 7 maravilhas da Estrada Real.

Entrada da Gruta da Lapinha – Lagoa Santa

Área Externa da Gruta da Lapinha – Lagoa Santa

Visitação a Gruta da Lapinha

As visitas são realizadas através de um passeio guiado por guias do parque que são preparados para interagir e dar explicações sobre cada salão, durante a travessia pelos salões da gruta.

A caminhada pelos salões da gruta dura entre 30 a 40 minutos, e é facilitada por ter seu piso adaptado para receber visitantes, pelas escadas de ferro que dão acessos entre os salões, e pela iluminação interna que além de facilitar a visibilidade dentro da caverna ajuda a embelezar ainda mais o ambiente.

Para pequenos grupos de pessoas não há necessidade de agendamento, ao chegar no parque basta ir ao balcão de informações, pagar a taxa cobrada pela visitação e aguardar pelos guias.

Para grupos acima de 25 pessoas (grupos de estudantes  e excursões escolares, por exemplo) o parque recomenda o agendamento prévio para verificação de disponibilidade de atendimento.

Visita Guiada pela Gruta da Lapinha – Lagoa Santa

Museu Peter Wilhelm Lund

Fundado em 2012, o Museu Peter Lund é um museu de território inspirado na trajetória do naturalista e pesquisador dinamarquês Peter Wilhelm Lund e compreende todo o Parque do Sumidouro, com sua sede ao lado da Gruta da Lapinha.

O museu é composto por uma área de exposição com 80 fósseis humanos e animais descobertos por Lund na região, um espaço destinado à conscientização da importância histórica e cultural do carste de Lagoa Santa, uma sala multiuso e duas salas com explicações sobre os Planos de Manejo do Parque e Espeleológico.

Museu Peter Wilhelm Lund – Lagoa Santa

Um dos destaques do museu são os fósseis que ficou conhecido como o “Homem de Lagoa Santa“, encontrado por Lund, e é considerado o hominídeo mais antigo que viveu na América Latina.

Fósseis do “Homem de Lagoa Santa” – Gruta da Lapinha

Museu Arqueológico de Lagoa Santa (Museu do Castelinho)

Construído em 1970, o Museu Arqueológico de Lagoa Santa foi projetado pelo arqueólogo húngaro Mihály Bányai para abrigar o patrimônio arqueológico da cidade de Lagoa Santa.

Também conhecido como Museu do Castelinho ou Museu da Lapinha, o museu foi construído no formato de castelo por influência de seu fundador em referência ao museu da Europa que eram construídos dentro de antigos castelos.

Há relatos de que Mihály criou o museu com o objetivo de manter na cidade de Lagoa Santa, considerada Berço da Arqueologia e Paleontologia Brasileira, um pouco da sua história, pois vários fósseis e objetos encontrados na região eram levados embora para outras cidades e países, como o famoso fóssil conhecido como “Luzia – a mulher mais antiga do Brasil”, que hoje se encontra no Museu Nacional no Rio de Janeiro.

Dentro do museu os visitantes viajam na história apreciando diversos artefatos do período colonial, vários exemplares de animais em extinção, além de fósseis humanos de mais de 10 mil anos, como o conhecido Homem de Lagoa Santa.

“Homem de Lagoa Santa” – Gruta da Lapinha

Fósseis do “Homem de Lagoa Santa” – Gruta da Lapinha

O Museu do Castelinho está localizado ao lado da Gruta da Lapinha, e funciona de terça a domingo. Para mais informações: 31 91587211 – erikapunzel@gmail.com.

Museu Arqueológico de Lagoa Santa (Museu do Castelinho)

Clique na imagem para ampliar

Parque Estadual do Sumidouro

Localizado nos municípios mineiros de Pedro Leopoldo e Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, o Parque Estadual do Sumidouro foi criado em 1980 e é administrado pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) de Minas Gerais.

O Parque Estadual do Sumidouro foi criado com o objetivo principal de promover a preservação ambiental e cultural, possibilitando atividades de pesquisa, conservação, educação ambiental e turismo.

O parque conta com uma infraestrutura para fomentar o turismo com atrativos como: a Gruta da Lapinha, Museu Peter Lund,  Circuito Lapinha (trilha interpretativa que complementa a visita à gruta), Escaladas nos maciços da Lapinha, visitas a Casa Fernão Dias, Trilha do Sumidouro e Trilha da Travessia.

Para mais informações acesse >> http://www.ief.mg.gov.br/areas-protegidas/215

Entrada da Gruta da Lapinha – Parque Estadual do Sumidouro

Restaurante e Lanchonete na Gruta da Lapinha

Quando visitamos a gruta, fomos informados pelos funcionários do parque que o restaurante e lanchonete do parque foi desativado.

Ao lado do Museu do Castelinho há uma barraquinha onde vendem doces, água, refrigerante e pastel frito na hora.

Há várias opções de restaurantes tanto na região da Lapinha, quanto em Lagoa Santa, onde há boas opções na beira da lagoa central com cardápios variados e música ao vivo.

Feira de Doces e Quitandas – Gruta da Lapinha

Mais Informações sobre a Gruta da Lapinha

  • Estacionamento: Gratuito;
  • Tempo de Percurso: entre 30 a 40 minutos;
  • Horário de Funcionamento: De terça a domingo – de 9h às 16h30;
  • Valor de entrada: R$ 15,00, que dá o direito de acesso a Gruta e ao museu (valores referentes a setembro de 2016);
  • Estudante, crianças de 06 a 12 anos e pessoas acima de 60 anos pagam meia entrada, mediante apresentação de documento e carteirinha;
  • Endereço: Estrada Campinho Lapinha, km 6 – Lagoa Santa
  • Telefone: (31) 3689-8592
  • Distância do centro de Lagoa Santa: 6 Km
  • Distância de Belo Horizonte: 53 km
  • Sites para Mais Informações:

#FicaADica

  • Recomendado uso de calçados e roupas confortáveis para um melhor passeio;
  • Evitar chinelos e sandálias para visitar a gruta, o parque recomenda o uso de calçados fechados;
  • Não é permitido acesso a gruta com mochilas e bolsa, os guias recomendam deixar esses ítens no carro;
  • É permitido tirar fotos dentro da gruta, nas áreas externas, e no Museu do Castelinho. Apenas no Museu Peter Lund não é permitido tirar fotos.

Mais Fotos da Gruta da Lapinha em Lagoa Santa

Uma Boa Viagem #PelasEstradasDeMinas !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *